Um terço dos brasileiros já faz compras via WhatsApp, revela pesquisa

Os consumidores começaram a comprar produtos pelo WhatsApp durante a pandemia de covid-19. De acordo com o novo estudo da dunnhumby, que ouviu mais de 1.100 brasileiros, o percentual de usuários que realizaram transações pelo aplicativo cresceu para 31%.


“É uma saída cada vez mais utilizada pelo pequeno comércio e pelas lojas de shopping que têm vendedores fotografando ou filmando os produtos”, comenta Flávia Villani, head da dunnhumby no Brasil.



O uso do WhatsApp serviu principalmente para comprar itens frescos, como carnes (18%) e frutas, legumes e verduras (23%).


Mudanças nos hábitos

Dados do levantamento mostram que os brasileiros mudaram seu comportamento de compra na quarentena. Um exemplo disso é a redução do consumo de guloseimas (16%) e de refrigerantes (18%).


A pesquisa ainda aponta que uma tendência está ganhando força: a do comportamento “econômico extravagante”. Com a restrição nos bares e restaurantes, os consumidores estão gastando mais com cervejas e chocolates na hora de abastecer a casa.


Perspectivas

O estudo da dunnhumby destaca que a consolidação do e-commerce ainda não está garantida, embora a maioria dos brasileiros manterá as compras online após a quarentena. Pouco mais de 33% não vão continuar com o hábito de comprar pelos canais digitais e 30% só comprarão por conta do preço.


Segundo a dunnhumby, é importante continuar investindo em boas experiências nas lojas físicas. Os consumidores estão buscando cada vez mais uma experiência de compra personalizada.


FONTE: NewTrade

logo 1 - transp@4x.png
  • Facebook
  • Instagram
  • Linkedin
  • Twitter
  • Pinterest

EVA - Escola de Varejo Aplicada © 2006 - 2020 | Um produto Renove - CNPJ: 08.992.904/0001-52