Uber Eats aumenta sua competitividade com o iFood

Aplicativo lançou o formato de marmita express com um valor mais acessível


Agora em junho, o Uber Eats fez o lançamento de uma modalidade de refeições acessíveis, chamada de “Caseirinho”. Os pratos servidos em horário de almoço terão o custo a partir de R$9,90 com direito a todos os acompanhantes. Diante desta novidade, o aplicativo propõe um aumento na competitividade com o iFood.


O cenário de Pandemia do Coronavírus fez com que ficássemos mais tempo dentro de casa, aumentando, consequentemente, a demanda pelos serviços de delivery. E a empresa percebeu que houve um registro de dez vezes mais no número de restaurantes interessados em se cadastrar no aplicativo, desta maneira, um uso mais frequente do aplicativo faz com que o consumidor procure por opções alimentares mais acessíveis.



Aplicativo opta por fornecer alimentação com precificação acessível em razão da alta demanda pelo serviço delivery (Foto: iStock)


Durantes algumas semanas foram realizados testes com este formato de marmita express em Belo Horizonte, Goiânia, Fortaleza e Curitiba. Agora, o Uber Eats se prepara para uma expansão nacional com o objetivo de oferecer este formato como opção no serviço de delivery, começando por São Paulo.


Para que isso fosse possível, o aplicativo firmou uma parceria com a Sapore, uma empresa de alimentação corporativa e que já fornece refeições em refeitórios corporativos, em escolas e locais do setor de entretenimento.


A parceria faz com que a Sapore atue em seis pontos na cidade de São Paulo e, em breve, este serviço de alimentação com um valor mais acessível estará disponível no Rio de Janeiro, Manaus e Porto Alegre.



Fonte: Mercado&Consumo

Texto por Juliana Neves - Redatora EVA

logo 1 - transp@4x.png
  • Facebook
  • Instagram
  • Linkedin
  • Twitter
  • Pinterest

EVA - Escola de Varejo Aplicada © 2006 - 2020 | Um produto Renove - CNPJ: 08.992.904/0001-52