Trabalhadores estão com dificuldade em adaptação do home office

Uma saída é organizar o dia a dia e realizar atividades de relaxamento


Atualmente, desde março de 2020, vivemos uma pandemia do coronavírus, um novo vírus que vem assombrando e matando muitas pessoas. Desta forma, para evitar o contágio, muitas empresas adotaram o sistema home office de trabalho como o principal modo de produção. Entretanto, muitos brasileiros estão tendo dificuldade para se adaptar.


Segundo Alexandre Ayres, ex-executivo de grandes empresas e proprietário da MindSelf, “o trabalho em home office exige do colaborador uma disciplina muito grande. O home office durante a pandemia muitas vezes carece de um ambiente planejado para o trabalho, o que dificulta para o colaborador conseguir manter a sua atenção adequada. Além do ambiente muitas vezes inadequado, em casa você encontra a possibilidade de distrações e interrupções com maior frequência e recuperar a atenção sempre exige um pouco mais do nosso cérebro”.


A não adaptação ao home office faz com que o trabalhador seja uma pessoa estressada (Foto: mídia Wix)

Com isso, os sinais da não adaptação vão surgindo, por exemplo, aumento de ansiedade, dificuldade de concentração e foco, irritabilidade e piora na qualidade do sono. São reações advindas de insegurança e incerteza. Uma pesquisa realizada pelo Centro de Inovação da Escola de Administração de empresas de São Paulo (FGV-EAESP) aponta que 56% das 464 pessoas entrevistadas enfrentam muita dificuldade ou dificuldade moderada ao tentar equilibrar as atividades pessoais e profissionais com o modelo home office.


O mesmo estudo demonstrou que para 45% dos participantes houve aumento da carga de trabalho, para 34% está difícil manter a motivação e ainda para 36% dos participantes está com dificuldade de manter a produtividade de antes da pandemia.


A solução para que tudo melhore é iniciar uma programação da rotina do cotidiano buscando dedicar um tempo para autoconhecimento. “Definir bem os horários, tentar programar as atividades, e fazê-las de forma mais concentrada, uma coisa de cada vez, de forma que sinta que está tudo sob controle. [...] A sensação de falta de controle, provoca um aumento da adrenalina e do cortisol em nosso corpo, o que contribui para o aumento da ansiedade e do stress. Ter em mente que o trabalho é importante, mas sabendo que você tem que estar bem equilibrado emocionalmente antes de tudo é fundamental para o seu sucesso. Invista em atividades que acrescentem alguns minutos de dedicação para si mesmo, como a meditação ou o exercício físico, fundamentais para ajudar seu corpo e sua mente a lidar melhor com o estresse causado pelo excesso de atividades”, sugere Alexandre.


É importante frisar que descansar faz parte do processo produtivo para aumenta o desempenho em qualquer tarefa. E é interessante que tenha dentro das empresas um suporte de meditação ou outra atividade que estimule os seus funcionários a não perderem o foco e, ao mesmo tempo, diminuem o estresse.



Texto por Juliana Neves.

logo 1 - transp@4x.png
  • Facebook
  • Instagram
  • Linkedin
  • Twitter
  • Pinterest

EVA - Escola de Varejo Aplicada © 2006 - 2020 | Um produto Renove - CNPJ: 08.992.904/0001-52