Bares e restaurantes voltam a abrir em São Paulo

Ação que obriga uso de máscara, redução de horas de funcionamento e diminuição da capacidade



Nesta semana, paulistanos receberam a notícia de reabertura dos bares e restaurantes, a ação é justificada pela estabilização da evolução de casos de Covid-19 e lotação de 70% nas UTIs. Estes estabelecimentos estão permitidos abrirem as portas com a capacidade de 40% e com seis horas de funcionamento.


Há outra exigência de que seja um ambiente arejado e uso obrigatório de máscaras, afinal quem não usar a máscara pode receber uma multa de R$500 reais.


No Rio de Janeiro foi na última quinta-feira (2) e repercutiu de forma negativa pelas imagens divulgadas, em mídias sociais, de aglomerações de pessoas sem máscara nos bares da rua Dias Ferreira e na Praça Cazuza no Leblon. Atitude que pode causar uma nova explosão de casos na cidade.


Há uma preocupação em provocar aglomeração (Foto: licença Freepik)

Já no Reino Unido, este tipo de estabelecimento também foi reaberto, mas o país se encontra em outra fase em relação á pandemia. Portanto, a reabertura aconteceu após uma quebra vertiginosa no número diário de novos casos e mortes, situação semelhante na Itália e Espanha.


No EUA a reabertura provocou uma nova explosão de casos do vírus no Texas e na Flórida, promovendo outra fase de medidas de fechamento.



Fonte: NewTrade

Texto por Juliana Neves – Redatora EVA

2 visualizações
logo 1 - transp@4x.png
  • Facebook
  • Instagram
  • Linkedin
  • Twitter
  • Pinterest

EVA - Escola de Varejo Aplicada © 2006 - 2020 | Um produto Renove - CNPJ: 08.992.904/0001-52